Se você acertar 7 destas 10 perguntas você deveria tentar a Faculdade de Direito

A faculdade de direito também é muito concorrida no Brasil. No entanto, tem muitas opções para fazer esse curso que é tão especial.  Mas antes de prestar qualquer vestibular responda essas perguntas e se você acertar 7 destas 10 perguntas você deveria tentar a Faculdade de Direito.

Se você acertar 7 destas 10 perguntas você deveria tentar a Faculdade de Direito. Um advogado é alguém que é licenciado para exercer a advocacia, e cuja obrigação é manter a lei e, ao mesmo tempo, proteger os direitos de seus clientes. Alguns deveres comumente associados a um advogado incluem: fornecer assessoria jurídica e consultoria, pesquisar e reunir informações ou evidências, redigir documentos legais relacionados a divórcios, testamentos, contratos e transações imobiliárias e processar ou defender em juízo (Foto: Divulgação)

Se você acertar 7 destas 10 perguntas você deveria tentar a Faculdade de Direito

Veja a seguir um pequeno teste vocacional abaixo:

1- Você gosta de desafio intelectual?

É um desafio psicológico muito grande ser advogado. Isso porque você precisa entender muitos fatores para ter sucesso em suas defesas. Quem gosta de desafio e de pensar, aposte nessa carreira.

A terminologia exata para a palavra “advogado” varia em todo o mundo. Procurador, advogado, advogado ou procurador são todos os vários nomes dados aos advogados. A origem da profissão remonta à Grécia antiga, quando oradores falaram em nome de amigos ou cidadãos a pedido deles. Embora eles atuassem como consultores legais, de acordo com a lei ateniense, os oradores não poderiam ser pagos por seus serviços, nem poderiam se organizar como uma profissão legal. Os primeiros advogados da antiga Roma, por volta de 204 aC, receberam pagamento por seus serviços quando o imperador Cláudio legalizou a profissão e suspendeu a proibição de taxas. Uma carreira na lei pode ser exigente e estressante. Algumas queixas comuns de profissionais da área jurídica são: longas horas, prazos judiciais, pressões de faturamento, mudanças nas leis, acordos de alta pressão e clientes difíceis. Se você despertar pressões crescentes nos negócios, evoluir continuamente as tecnologias legais e aumentar a dívida das faculdades de direito, é fácil entender por que os advogados às vezes são estressados.(Foto: Divulgação)

2 – Inúmeras possibilidades na carreira te atrai?

Com a evolução profissional no segmento do direito mais careiras podem vir. A pessoa tem um leque de opção para atuar nesse setor. O bom salário vem com o tempo e existem muitas opções de concursos públicos.

3 – Você gosta de trabalhar com pessoas?

Não tem como advogar e não ter contato direto com pessoas. Gostar de ter contato com o público é essencial.

Tipos de Advogados: Advogado de divórcio: Enfoca as questões legais do divórcio e a dissolução do casamento. Advogado de Imigração: Determina os direitos legais, deveres e obrigações de uma pessoa considerada um estrangeiro e ajuda um indivíduo a ganhar a cidadania legal dentro de um país específico. Advogado de Acidentes e Danos Pessoais: Geralmente envolve casos de direito civil que se concentram em lesões corporais, mentais ou emocionais e compensação pelas lesões sofridas no acidente. Advogado Empresarial e Corporativo : Foco em contratos, vendas, papel comercial, lei de agências e emprego, organizações empresariais e propriedades e fianças (Foto: Divulgação)

4 – Boa articulação com a fala?

Quem fala bem consegue ser um bom advogado. A fluência verbal nesse caso é muito importante.

5 – Você gosta de argumentação?

O poder de argumentação te atrai? Quem sabe argumentar consegue ter sucesso na profissão. Além de saber a pessoa precisa gostar de criar argumentos.

Tipos de advogados: Advogado Criminal: – Enfoque nos crimes e suas punições. Advogado de Falências : Foco em indivíduos ou organizações que fazem declarações legais declarando sua incapacidade de pagar seus credores. Advogado da Família : trata de questões relacionadas à família que surgem durante o casamento, uniões civis e parcerias domésticas que incluem abuso, legitimidade, adoção, sub-rogação, abuso infantil e sequestro de crianças. Advogado de Emprego : rege a relação empregador-empregado, que inclui contratos, regulamentos, acordos de negociação, proteção contra discriminação, salários e horas, saúde e segurança e negociações rescisórias (Foto: Divulgação)

6 – Raciocinar rápido faz parte do seu perfil?

Quem tem um raciocino lógico consegue sim ser um bom advogado. Por isso, pense bem antes de ser advogado, pois imprevistos sempre acontecerão nessa profissão e você precisa mesmo ter um bom raciocínio.

7 – Você sonha em se torna uma pessoa influente?

Grandes legisladores são formados em direito. Se você quiser fazer a diferença a domação em direito é uma opção.

8 – Você deseja autonomia na profissão?

Advogados podem trabalhar de maneira autônoma e fazer assim uma carreira brilhante. Existem sim grandes escritórios e empresas que contratam advogados, mas quem gosta se ser o seu patrão tem um espaço grande de atuação e pode sim ter sucesso.

Um advogado pode trabalhar em um escritório de advocacia, empresa privada ou até mesmo trabalhar para o estado como defensor público ou para a acusação. A maioria dos advogados trabalha de 50 a 80 horas por semana, inclusive aos finais de semana. Os advogados recém contratados geralmente servem como secretários encarregados de pesquisar informações e auxiliar na preparação dos próximos julgamentos. A maioria dos advogados entra em lei por motivos pessoais. Por exemplo, se você acredita fortemente nos direitos do trabalhador, então a lei trabalhista pode ser o caminho para você. Crenças fortes sobre os direitos dos imigrantes? Lei de imigração. O ambiente? Direito Ambiental. Se você quer causar um impacto em algo que você sente muito fortemente, e há uma lei para isso, considere essa possibilidade. (Foto: Divulgação)

9 – Você gosta de viajar?

Essa profissão permite muitas viagens. Isso porque o cargo pode ser itinerante. Ser um advogado que viaja pelo país é uma possibilidade real.

 10 – Você gosta de estudar?

A pessoa formada em diretito vai estudar a vida toda. Isso porque cada caso exige muita leitura e fluência verbal para ter um bom vocabulário. Para ter acesso aos melhores casos é necessário entender como funciona. Por isso a literatura jurídica é muito apre3cida. As palavras difíceis no processo precisam ser sempre desvendada para conseguir ter um bom desempenho profissional nesse segmento.

Quem não gosta de ler não vai ser um bom advogado, pois pecará na questão de conteúdo em suas causas. Ler faz parte da profissão e esse estudo é constante. Ao longo da vida toda a pessoa precisa estudar e apreciar isso.

Add Comment